Como utilizar o cupom de desconto? Descubra!

Estimular a compra durante todo o ano costuma ser o objetivo principal de toda empresa que oferece produtos ou serviços. Para isso, é importante fidelizar os clientes que já estão na carteira além de atrair novos clientes por meio das estratégias de marketing. E uma das ações que trazem bons resultados é o uso do cupom de desconto.

E para que você saiba como usá-los adequadamente de modo a trazer ótimos resultados, acompanhe este artigo até o final. Vamos lá?

Quais são as vantagens do cupom de desconto

Cupons de desconto trazem uma série de benefícios aos negócios, listamos aqui as principais.

Use o cupom de desconto para a próxima compra

Trazer um cliente novo ao seu estabelecimento é desafiador, pois exige diversas ações de marketing nos mais variados canais. Contudo, fazê-lo voltar após ele ter feito a primeira compra pode ser um desafio ainda maior.

Afinal, com uma concorrência cada vez maior tanto no mundo físico quanto no virtual, quem melhor conquistar o cliente conseguirá fazê-lo voltar. E é nesse cenário que entra o cupom de desconto.

Uma vez que o cliente realize a primeira compra na loja, você pode dar a ele um cupom de desconto para a próxima compra. Dessa forma, as chances dele voltar mais vezes são muito maiores.

Use o cupom para captar novos clientes

Aumentar o número de clientes que consomem os produtos ou serviços do negócio faz com que o faturamento cresça também. O cupom de desconto não apenas ajuda a fazer isso acontecer, mas também facilita você a medir os resultados gerados por esse tipo de promoção.

Vale dizer que o cupom pode ser aplicado em alguns itens específicos. Por exemplo: se você trabalha para uma loja de moda e o dia das mães se aproxima, os cupons podem ser aplicados somente às peças femininas.

Assim, você pode trabalhar os mais variados tipos de clientes que o estabelecimento recebe.

Aumente o tíquete médio ao usar cupons de desconto

Algumas pessoas ainda pensam que descontos fazem diminuir o tíquete médio dos produtos, mas isso não acontece caso você use os cupons de maneira estratégia.

Afinal de contas, desconto é uma troca. Ou seja, para o cliente recebê-lo, é preciso que ele também lhe dê alguma coisa. Por isso, o benefício dessa transação precisa ser mútuo.

Uma forma de fazer isso é ofertar o desconto após um determinado número de compras. Essa é uma simples, mas eficaz estratégia de fidelidade, pois faz com que o cliente volte por saber que, na décima compra, ele terá um bom desconto.

Outra maneira é oferecer o desconto no ato da compra, mesmo que seja a primeira que o cliente faz na loja. Porém, com a condição que haja um valor mínimo. Por exemplo: “A partir de R$ 100 em compras, ganhe 10% de desconto”.

Portanto, apesar do preço dos produtos diminuírem, o consumo aumenta, o que faz crescer o tíquete médio.

Como usar o cupom de desconto da melhor maneira

E agora vamos à parte prática! Como dissemos acima, o uso do cupom de desconto precisa estar atrelado à ações estratégicas. Veja aqui algumas delas para que você use os cupons de forma correta.

Defina os objetivos do cupom de desconto

Toda ação promocional precisa ter como base um objetivo. Afinal, se você não souber aonde quer chegar, não conseguirá medir se os resultados alcançados são bons ou ruins. Portanto, antes de confeccionar os cupons, tenha os objetivos bem definidos.

Os objetivos podem ser quantitativos e qualitativos e você pode usar ambos na mesma campanha. Por exemplo: ao mesmo tempo em que o objetivo quantitativo pode ser dobrar o tíquete médio, o qualitativo pode ser aumentar a força de marca.

Estabeleça limitações do desconto

Uma vez que você tenha determinado qual tipo de desconto oferecer, você também deve estabelecer quais são as limitações de uso.

Afinal, o desconto não é uma condição padrão e sim um momento único e limitado que o cliente precisa aproveitar para aproveitar um benefício na hora da compra. Os principais tipos de limitação são:

Valor mínimo de compra

Uma vez que você determina o valor mínimo para o uso do cupom, as chances de aumentar o tíquete médio são maiores.

Por exemplo: se o cupom for para compras a partir de R$ 70, os clientes poderão comprar mais para ter o bônus e, assim, uma maior satisfação.

Data de uso

A escassez é um dos principais estímulos de consumo. Quando as pessoas veem que uma oportunidade está a ponto de terminar, tendem a agilizar sua decisão de compra.

E uma forma de trabalhar isso é determinando uma data de uso para o cupom. Pode ser uma data comemorativa, final de semana, ou qualquer período promocional que incentive o cliente a comprar o quanto antes.

Quantidade de pessoas

A escassez não precisa ser aplicada somente à datas, mas também ao número de pessoas que podem se beneficiar do desconto. Por exemplo: “essa promoção é válida para as primeiras 50 pessoas que comprarem”. Isso gera no público uma urgência de comprar o mais rápido possível para não perder a oportunidade.

Essa técnica pode ser aplicada nos meses de baixa procura para que as vendas tenham uma boa performance.

Faça a divulgação correta dos cupons de desconto

Por mais que a estratégia seja incrível, é preciso que os clientes saibam que os cupons de desconto estão disponíveis. Por isso, faça uma boa divulgação.

E há diversas formas de fazer isso. Além de pôr cartazes nos pontos de venda, você também pode fazer uso dos canais digitais. Se a empresa tiver uma lista de e-mails,

basta que você envie uma newsletter informando que os cupons de desconto acabaram de chegar. Já nas redes sociais uma ideia interessante é oferecer cupons exclusivos para fãs e seguidores.

Uma vez que você coloque em prática essas ações ao criar um cupom de desconto, os resultados serão cada vez melhores tanto para captação quanto para retenção de clientes. E por falar nisso, se você quiser saber como nós, da Marka, podemos implantar programas de fidelização de clientes na sua empresa, entre em contato conosco!



Leave a Reply

one + 8 =