Marketing de relacionamento: você sabe o que é e como aplicar?

O bom relacionamento com o consumidor é um dos pontos mais importantes para que qualquer negócio tenha sucesso. Por isso, é preciso investir em diversas ferramentas para que esse cenário seja alcançado e o marketing de relacionamento é uma delas.

Para quem não sabe, o conceito do marketing de relacionamento está ligado a todas as ações tomadas por uma empresa a fim de criar uma boa relação com os seus clientes, bem como em manter um contato cada vez mais saudável.

Na prática, o negócio que trabalha com o marketing de relacionamento oferece benefícios e facilidades para os seus clientes, visando garantir uma certa fidelidade. O grande objetivo dessa estratégia é tornar os clientes fãs, ou ainda, embaixadores da marca.

Para que seja possível entender melhor essa questão, preparamos este post para explicar como o Marketing de relacionamento funciona, além de trazer algumas boas práticas relacionadas a essa estratégia. Acompanhe a leitura até o fim!

Como o Marketing de Relacionamento funciona?

Obviamente, essa estratégia ajuda muito no processo de vendas. Entretanto, ela vai muito além disso. Como já mencionado, o Marketing de Relacionamento visa converter clientes em fãs. Portanto, é preciso oferecer alguns diferenciais que mostrem ao consumidor que sua empresa é única.

Sendo assim, tenha em mente que essa é uma estratégia que tem em vista resultados a longo prazo, e procura criar relacionamentos que sejam contínuos e duradouros. Desse modo, é possível trazer o cliente para mais perto do negócio e criar um ambiente de ajuda mútua.

Na prática, estamos falando de quando a empresa se esforça para ajudar o cliente e esse, por sua vez, auxilia fortemente com feedbacks, principalmente para contribuir com o aperfeiçoamento do produto ou serviço. Além disso, quando se trabalha com o Marketing de Relacionamento, as chances de o cliente entender o valor da sua solução são bem maiores.

Como aplicar o Marketing de relacionamento?

Agora que você já conhece um pouco mais sobre o Marketing de relacionamento, vamos dar um passo adiante. Listamos 6 práticas podem ajudá-lo a aplicar essa estratégia no seu dia a dia. Veja quais são elas:

1. Conheça os seus clientes

A primeira boa prática é óbvia, mas muitas empresas ainda negligenciam essa parte. Então, vamos reforçá-la aqui: é preciso que o negócio conheça os seus clientes. Afinal, como se comunicar com o seu cliente de forma correta se você não o conhece? Como saber sobre suas necessidades e dores sem conhecê-los?

Portanto, esse é o primeiro passo: ter a certeza de que há o mínimo de conhecimento sobre a sua base de clientes. Nesse sentido, é importante atualizar os dados cadastrais dos clientes e realizar pesquisas de satisfação e comportamento sempre que possível.

2. Segmente a sua base

Saiba que não basta apenas conhecer os clientes, é preciso saber utilizar os dados obtidos em prol de ações que realmente sejam eficientes. Uma boa prática nesse sentido é segmentar os clientes de acordo com critérios que sejam relevantes para a empresa.

Dessa maneira, é possível criar abordagens de comunicação diferentes e que se adéquem ao perfil de cada um. Por exemplo, se você tem clientes que possuem preferências diversas, não faz sentido conversar da mesma maneira com esses grupos, certo?

Então, utilize da segmentação para criar um estilo de comunicação para cada grupo de clientes a fim de tê-los mais próximos da empresa. Dessa forma, é possível atuar de maneira muito mais inteligente no que diz respeito à comunicação com os consumidores.

3. Ofereça um atendimento de qualidade

Outra boa prática está em oferecer um ótimo atendimento ao cliente. Afinal, o consumidor atual está cada vez mais exigente, e analisa muito mais essa questão antes de escolher uma empresa.

Ouça o seu cliente, resolva sempre as suas solicitações e evite deixar a sensação de que o atendimento não adiantou de nada. Procure entender também quais são os principais canais de comunicação que fazem sentido para o seu público para oferecer  atendimento.

Em tempos em que as redes sociais fazem parte da sua rotina, é pertinente estudar formas de atendimento alternativas ao e-mail e telefone. Hoje existem diversas opções, inclusive as que utilizam processos automáticos, tal como o chat no site e o chatbot do Facebook, por exemplo.

4. Tenha uma estratégia para as redes sociais

Falando em redes sociais, contar com estratégias para esse canal de comunicação é importante. Afinal, ela serve como uma ótima ferramenta de aproximação. Sendo assim, é básico estar presente nas principais redes sociais dos dias de hoje.

Utilize esse canal para divulgar conteúdos e produtos e saiba que nesse ambiente as suas ações podem provocar um efeito a curto prazo. Então, aproveite também para oferecer um atendimento de qualidade, conforme comentamos no ponto acima.

Além disso, descubra qual é o melhor tipo de conteúdo a ser disponibilizado em cada uma delas. Entenda que essa facilidade também pode custar caro, caso não haja um certo cuidado e zelo com o relacionamento com os clientes, visto que qualquer insatisfação pode ganhar uma grande repercussão nesse meio.

5. Não se esqueça do e-mail

O e-mail ainda é considerado um dos principais canais de comunicação da web, se não for o principal. Por isso, é preciso que o seu negócio aposte nessa ferramenta ao pensar uma estratégia de marketing de relacionamento.

Saiba que esse recurso ajuda a trazer diversas opções de personalização e aproximação. Exemplos de ações podem ser: envio de newsletter, ofertas especiais em datas comemorativas, envio de campanhas de construção da marca, pesquisa de satisfação, oferecimento de novos produtos, dentre outras coisas.

6. Crie programas de fidelidade

Por fim, a nossa última dica é que sejam criados programas de fidelidade, algo muito utilizado por companhias aéreas, administradoras de cartão, e outros tipos negócios.

Estamos falando de oferecer vantagens que estimulem o cliente a continuar consumindo o seu serviço ou produto. Esses benefícios podem ser os mais variados possíveis, desde descontos em próximas compras, até o envio de presentes, por exemplo.

O mais importante nisso tudo é que seja analisado bem o perfil do cliente, para que essas vantagens sejam atrativas para eles. Afinal, a ideia é agradá-los para que eles continuem comprando e gerando lucro para a empresa.

Deu para ver que não é difícil aplicar o marketing de relacionamento na realidade do seu negócio, certo? Então, não perca tempo: estude as ações que sugerimos e comece agora mesmo.

Gostou desse post? Então, siga nosso perfil no Linkedin, Twitter, Facebook , Youtube e Instagram para receber nossas novidades em primeira mão!



Deixe uma resposta

doze + 15 =

Support